Noticias - Eu me alegro no Senhor | Igreja Batista Alianca Eterna
Compartilhe:
 

      Espiritual   •  Matérias

Eu me alegro no Senhor


Eu me alegro no Senhor

No hebraico, seu nome significa “o que abraça”. Habacuque era um profeta que lutou na presença de Deus em favor do seu povo.

A iniquidade prevalecia entre os israelitas, eram necessários o arrependimento e a obediência, pois o juízo era iminente por meio da invasão babilônica. O texto a seguir apresenta um clamor a Deus.

“Ó Senhor Deus, até quando clamarei pedindo ajuda, e Tu não me atenderás? Até quando gritarei: “Violência!”,  e Tu não nos salvarás? Por que me fazes ver tanta maldade? Por que toleras a injustiça? Estou cercado de destruição e violência; há brigas e lutas por toda parte. Por isso ninguém obedece  à lei, e a justiça nunca vence. Os maus levam vantagem sobre os bons, e a justiça é torcida”  (Hc 1.1-4)

Deus responde ao profeta!

“Escreva em tábuas a visão que você vai ter, escreva com clareza o que vou lhe mostrar, para que possa ser lido com facilidade. Ainda não chegou o tempo certo para que a visão se cumpra; porém ela se cumprirá sem falta. O tempo certo vai chegar logo; portanto espere, ainda que pareça demorar, pois a visão virá no momento exato. A mensagem é esta: os maus não terão segurança, mas as pessoas corretas viverão por serem fiéis a Deus” (Hc 2.1-4).

O profeta sentiu-se abatido com essa visão, mas, depois, entendeu que deveria ser fiel sob quaisquer circunstâncias. Ele aprendeu a esperar em Deus em meio às lutas e adversidades.  Deus era suficiente na sua vida.

O livro é encerrado sob forma de cântico com uma mensagem de fé e alegria.

“Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no SENHOR, exalto no Deus da minha salvação” (Hc 3.17-18).

 

 




Voltar




Maiores Informações: (11) - 4817-1362
secretaria@ibae.com.br



Copyright Grupo Alphanet Hosting @ 2018



  • Facebook
  • Twitter
  • Google +
  • Youtube